segunda-feira, 13 de julho de 2015

Sim, hoje é o Dia Mundial do Rock. Mas você sabe por quê?

Me recuso a escrever "hoje é dia de rock, bebê", que nem todo mundo tá fazendo. Mas, sim, hoje é um dia especia:, o Dia Mundial do Rock - eu adoro e acho que devia ser feriado.

Mas, afinal, vocês sabem por que raios escolheram o dia 13 de julho pra ser o Dia do Rock?

Porque no dia 13 de julho de 1985, há exatos 30 anos, aconteceu um festival gigante chamado Live Aid.

O Live Aid teve shows de Paul McCartney, Tina Turner, The Who, Elton John, Elvis Costello, Black Sabbath, Run DMC, Sting, Brian Adams, U2, Dire Straits, David Bowie, The Pretenders, Santana, Madonna, Eric Clapton, Duran Duran, Bob Dylan, Lionel Ritchie, Rolling Stones, Queen, Beach Boys e os três integrantes ainda vivos do Led Zeppelin (Robert Plant no vocal, Jimmy Page na guitarra e John Paul Jones no baixo) com ninguém menos que Phil Collins na bateria, substituindo a lenda John Bonham, que morreu em 1980.
Bono Vox, Paul McCartney e Fred Mercury

O festival foi uma forma de arrecadar fundos para combater a fome na Etiópia e foi organizado por Bob Geldof, então vocalista da banda Boomtown Rats. Os shows aconteceram nos estádios Wembley, em Londres (com direito a Lady Di e Príncipe Charles em cima do palco); e JFK, na Filadélfia. As 16 horas de música foram transmitidas ao vivo na televisão em mais de 100 países - uma audiência recorde na época. No final, o evento foi um tremendo sucesso e arrecadou mais de 100 milhões de dólares.

O show do Queen em Wembley foi um dos pontos altos do festival:



30 anos depois, a gente ainda comemora o Dia do Rock no mundo todo e ainda temos muitas bandas boas, novas e velhas, em ação. Long live Rock'n'roll!

2 comentários:

  1. que sensacional esse line up ai hahahaha
    bob dylan, paul, eric clapton...
    bons tempos!

    ResponderExcluir