quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Josh Homme locutor

O muso divo lindo Josh Homme não se contentou em "atacar de DJ" (ai, que expressão esdrúxula, né?). Não, senhores! O fundador, guitarrista e vocalista do Queens of the Stone Age - entre muitas outras bandas e projetos musicais - foi DJ e também locutor de rádio, comandando um programa de duas horas na Radio 6, da tradicionalíssima rede inglesa BBC. Josh na verdade estava substituindo o verdadeiro dono do programa "Sunday Service", que é o Jarvis Cocker, vocalista do Pulp. Todo domingo Jarvis comanda o fim de tarde na BBC 6 e faz um programa bem legal, mas vira e mexe o cara se ausenta e deixa amigos desse naipe no comando. Para vocês terem uma ideia, uma das últimas substitutas foi a Alison Mosshart, vocalista do Kills e do Dead Weather. Voilà!

O programa do Josh foi ao ar no último domingo, 4 de agosto; e além de contar com uma programação musical incrível teve várias pérolas do então locutor. Josh abriu o programa direto com uma música, sem apresentação. Quando a canção acabou, ele saiu dizendo bem rápido, sem cerimônia alguma:

"E esse foi o Whomadewho com uma música chamada Space For Rent! Aaah, não foi demais? Cara, a maioria das pessoas não conhece essa música! Tem tanta música por aí que as pessoas nunca ouviram... e é isso o que nós vamos tentar fazer hoje: tocar um monte de coisas que você já tenha ouvido, coisas que você talvez nunca tenha escutado e fazer você pensar 'UAU, graças a deus estou ouvindo isso no rádio num domingo! Aliás, eu sou o Joshua Homme e estou aqui substituindo o Jarvis Cocker."

AHAHAHAHA muito gênio! E logo em seguida ele segue apresentando assim: "agora, inspirado em problemas mentais, queria apresentar para vocês o Cramps!". Isso sem contar outros bons momentos, como quando Josh começa a elogiar o Jarvis ("gosto do estilo dele, ele é muito elegante"), comenta cada canção escolhida, incluindo bandas novas, ou apresenta clássicos ("eu sou o Josh Homme e isso é Bauhaus, na sua cara!!!").

Outro momento muito engraçado é quando Josh divaga sobre uma canção antiga do Doors e compara a banda ao Yeah Yeah Yeahs:

"Essa foi uma das bandas mais estranhas do mundo, o Doors, com uma canção chamada Not To Touch The Earth. Não sei que tipo de música é essa, tem guitarra flamenca, bateria de jazz, órgão e um poeta sexy que canta e fica gritando o tempo inteiro. Tem uma ligação com o Yeah Yeah Yeahs, que é outra banda estranha - tem baterista de jazz, guitarrista de surf music e vocalista deusa da arte. Eles não soam nada parecidos, mas têm em comum esse espírito estranho e livre. Isso pode não fazer muito sentido para alguns de vocês, mas é porque vocês estão bebendo e hoje é domingo."

Eu dei risada de verdade escutando isso. O programa é incrível e vale muito a pena ouvir, principalmente se você entende inglês, para pegar esses comentários espirituosos do Josh. Olha as músicas que ele escolheu:

Screamin’ Jay Hawkins – Alligator Wine
Whomadewho – Space For Rent
The Cramps – Garbageman
The Damned – Neat Neat Neat
Bjork – Enjoy
Primal Scream – Miss Lucifer
The Saints – (I’m) Stranded
The Doors – Not To Touch The Earth
Iceage – Ecstasy
Bill Withers – Use Me
Bauhaus – Ziggy Stardust
Roky Erickson – Anthem (I Promise)
Sly and the Family Stone – I Want to Take You Higher
Savages – No Face
Komeda – Disko
Misfits – She
Gnonnas Pedro – DaDje Von O Von
Eagles of Death Metal – Speaking In Tongues
Grimes – Oblivion
Beck – Girl
Blonde Redhead – In Particular
Cat Power – Werewolf
Ramones – Sheena Is A Punk Rocker
AC/DC – Dirty Deeds (Done Dirt Cheap)
Iggy Pop – Sixteen
Iggy Pop – Nightclubbing
Arctic Monkeys – Do Me A Favour
Bobby Pickett - Monster Mash (canção de 1962 que virou um clássico de Halloween nos EUA e foi regravada até pelos Beach Boys)

Clique aqui para ouvir o programa na íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário