quarta-feira, 26 de setembro de 2012

O LADO Bá de Santo André

A cidade de Santo André
Hoje eu acordei assim, meio Macaco Simão; e resolvi falar das coisas bizarras que vi em Santo André, onde fui trabalhar um dia desses. A cidade faz fronteira com São Paulo e essa divisão é quase imperceptível. A não ser pelas placas de rua diferentes e a súbita aparição de outdoors. Pois é...pra quem vive dentro da lei Cidade Limpa há alguns anos, ver outdoors na rua se torna chocante.

E Santo André é um paraíso pra esse tipo de propaganda. Tem muito outdoor. Muito mesmo! Achei curioso que a maioria deles divulgava motéis. Mas, lá, os motéis são diferentes. Das placas que vi, nenhum tinha nome previsível ou clichê. Muito pelo contrário: tem o inacreditável "DRAIVÃO 24 HORAS" (!!!), cujo nome se escreve assim mesmo, abrasileirado - e ainda por cima tem estacionamento especial para...motos! Como é que é?! Tem gente que consegue fazer na moto? Haja habilidade e flexibilidade!


E além do Draivão ainda tinha o motel "DESLIZE" (pelo menos acertaram no nome) e o "PARADISO", que prometia quartos temáticos decorados com inspiração em filmes antigos da era dourada do cinema. Minha nossa! Se você acha que é mentira, dá uma olhada nos sites desses motéis, nos links acima. Hahaha!

Mas Santo André não é só motel, minha gente. Não tô aqui pra denegrir a imagem da cidade. Só pra fazer piadinha, mesmo. Lá, na verdade, tem muitos espaços mais bonitos e bem cuidados do que em São Paulo. A região da XV de Novembro, por exemplo, tem praças bonitas, muitas flores e árvores. A cidade também é dona do planetário mais moderno do Brasil (o Johannes Kepler, que fica na Sabina Escola Parque do Conhecimento) - so cool! E, a caminho para Santo André, uma curiosidade: a "Avenida do Estado" de repente vira "Avenida dos Estados" (POR QUE RAIOS, hein?) e, antes de chegar ao centro da cidade, você pode ver a fábrica das balas Juquinha! Sensacional!

Um comentário:

  1. Ba, o Sabina parque do conhecimento, não ê só planetário é um projeto de educação científica de ponta, muito vem estruturado e com concepção socioibteracionista. Maravilhoso!

    ResponderExcluir