quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Tudo Tanto

Depois de atiçar nossa ansiedade lançando 3 músicas de seu novo disco na internet, a Tulipa Ruiz foi lá e botou logo o álbum inteiro pra download em seu site oficial. Se você for besta e não quiser baixar essa belezura, também dá pra ouvir o disco todo pelo Youtube dela. "Tudo Tanto" é seu segundo disco autoral, sequência do elogiadíssimo "Efêmera", sua estreia de 2010.

Coisas legais de saber sobre o "Tudo Tanto":

- Todas as ilustrações do disco foram feitas pela própria Tulipa; a arte do disco é bem bonita e o encarte é super caprichado. Não deixe de ver.

- O namorado dela, Rafael Castro, canta e toca guitarra e baixo em algumas faixas do disco. Ele também tem uma banda muito boa chamada Rafael Castro e Os Monumentais, que já lançou um monte de EPs e um álbum oficial. Vale a pena ouvir!

- O disco foi produzido pelo irmão da Tulipa, Gustavo Ruiz, que assina algumas composições com ela e também canta, toca guitarra e baixo. O pai deles integra a banda também. Música familiar. E essa turma dos Ruiz é talentosa, viu?

- Lulu Santos faz uma participação especial cantando e tocando guitarra na canção "Dois Cafés". Mas, honestamente, não achei essa música grandes coisas. Tem muitas outras faixas mais interessantes. E nenhuma ganha de "É", a melhor canção do disco.

- O cantor e rapper Criolo assina com a Tulipa, o irmão dela, Caio Lopes e Luis Chagas a canção "Víbora". Ele é responsável pelos sussurros (!) na gravação da faixa. E a música é uma beleza. Tulipa atingindo seus mais altos agudos.

- Acho que a Tulipa está cada vez mais linda. E, suas músicas, cada vez melhores. Gosto do fato de esse disco novo ter uma pegada mais rock, com mais guitarra, bateria mais marcada, canções mais rápidas e agitadas.

- As letras da Tulipa continuam sendo muito boas. Umas crônicas bem humoradas, irônicas e realistas sobre o mundo e, principalmente, relacionamentos e sentimentos, crises internas e reflexões. Tudo isso sem soar chato ou deprê. Se liga no encarte!

- "Tudo tanto" também tem vários arranjos de cordas. Muito bonito!

- Algumas partes do disco me remeteram à carreira solo da Rita Lee. Principalmente na fase psicodélica dos anos 70. Junção perfeita de rock com MPB. Mas não soa nada datado.

- Bem legais os sopros da "Cada Voz". Merecem atenção.

Um comentário:

  1. MInha filha querida vai baixar pra mim, né????

    ResponderExcluir