quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Não é Jennifer Lopez nem Jennifer Lo-Fi

Você tem que ouvir a banda Jenni Sex. É um power trio (isso já me ganha de cara) formado pelo baixista Lucas Krotozynsky, pelo guitarrista Helder Oliveira (que também manda uns backing vocals e outros efeitos) e pelo baterista Ricardo Nisiyama, que também faz o vocal principal do grupo. Gente, por mais leigo em música que vocês sejam, dá pra imaginar que tocar bateria e fazer o vocal principal é coisa realmente complicada, certo? Mas o Ricardo consegue tirar isso de letra. Haja fôlego e coordenação motora! A Jenni Sex foi formada em 2010, em São Paulo. O som deles tem uma pegada de bandas pós punk dos anos 80. Pra mim, vai na linha de Gang Of Four, Joy Division e Bauhaus. Eles mesmos também destacam Love and Rockets e Flock of Seagulls como referências. É até dançante, mas bem "dark", não como o rock dançante felizinho de hoje na pegada de, sei lá, Friendly Fires. Não. É uma coisa mais suave, bem menos afetada, mais sexy. E as músicas são mais complexas e menos óbvias.

Eles acabaram de lançar seu primeiro clipe:



A Jenni Sex tem 4 excelentes músicas gravadas e divulgadas: "Debonair Is Lame", "Lost Forever" (a música do clipe, que também é a melhor deles até agora), "Pills" e "Pumpkin Junkie". Mas infelizmente elas estão no Myspace, que hoje em dia é um horror e, ao invés de ajudar, só atrapalha as bandas. Em muitos acessos, nem sequer consegui escutar as músicas da página da Jenni Sex. Ainda bem que a banda começou a colocar as canções no Soundcloud, onde podem ser baixadas de graça. Mas, por enquanto, nesse site só temos duas músicas disponíveis.

Também tem a canção "Take Me To The Stars", gravada ao vivo durante um show da banda na Vila Madalena, em junho:



Nessa sexta-feira o trio vai tocar em São Paulo, no Dynamite Pub (Rua 13 de Maio, 363 - Bixiga), com a banda Milocovik e os DJs André Girardi e Keb O'Kleen. O bar abre às 23h e a entrada custa R$ 15,00. Vale aproveitar a oportunidade de vê-los a vivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário