segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Clipes, clipes, clipes...

Nas últimas semanas foram lançados muitos clipes legais. De Radiohead a Marcelo Jeneci.
Dá uma olhada:



O Gotye é um cantor australiano que ficou famoso no mundo inteiro depois de a sua música "Somebody That I Used To Know" virar hit e estourar em todo canto. Ele tem outras canções legais além dessa e canta super bem. Dessa vez, a que ganhou vídeo foi "Save Me", que tem uma letra muito boa. O clipe é todo feito em animação e é bem bizarro, mas inteligente. Mostra um homem todo quebrado sendo reconstruído, encontrando o amor e sendo todo quebrado de novo. Tem a ver com a letra.




A banda inglesa Radiohead hoje em dia é gigante, lota shows em todo canto e ficou rica. O último disco deles, "The King of Limbs" (lançado em 2011) é fraquinho, mas o repertório de mais de 20 anos do grupo compensa - e muito - com outros discos geniais. Ok, isso você já sabe. Aí agora eles lançaram um vídeo bem legal para a canção "Daily Mail", em stop motion, que mostra um dia num festival de verão. No caso, é o Bonnarro, que acontece no Tennessee (EUA). Me lembrou muito da primeira edição do SWU, só que maior e mais organizado. Aí quando anoitece começa o show deles e o stop motion dá lugar a um vídeo convencional do show real da banda realizado no festival esse ano. Bem legal! Só não aguento o Thom Yorke com esse rabinho de cavalo. Não dá.




A dupla Blood Red Shoes fez uma super produção para a canção "Cold", com um clipe gravado em Paris. Depois, eles mesmos disseram que a grana ficou curta e que tiveram que gravar clipes mais simples para divulgar as músicas de seu último disco, "In Time To Voices", lançado esse ano (é o terceiro da banda). Aí veio um vídeo bem simples, mas bonitão, para "Lost Kids" e, agora, outro low budget pra "Je Me Perds". É uma gravação de um show deles em Hamburgo, na Alemanha. O Blood Red Shoes está ficando cada vez maior. Mas essa canção remete às origens da dupla, já que Laura e Steven faziam parte de bandas punks antes de formar a banda. Então achei bem apropriado e coerente o clipe ser um vídeo barato  mostrando a galera pulando loucona num show deles.




O Marcelo Jeneci só tem um disco lançado, o "Feito Para Acabar", de 2010. Mas foi ficando mais famoso mesmo do ano passado pra cá. Ele é mestre em fazer canções bonitas. Daquelas que você, sua mãe e até a sua avó gostam, que tiram sorrisos e suspiros involuntariamente. Até de marmanjo! "Pra Sonhar" foi campeã de audiência e realmente embalou muita gente apaixonada e muito casamento. Teve até um cara que pediu a namorada em casamento num show do Jeneci, bem quando tocaram essa música. Foi aí que tiveram a genial sacada de botar, no clipe oficial dela, gravações de casamentos de fãs. Ficou lindo. "Pra sonhar" também ganhou vários clipes não oficiais feitos por fãs. Um dos mais legais tem animação da letra em stop motion, com desenhos ilustrados à mão. Acho importante destacar também a Laura Lavieri, a loirinha que canta no disco todo do Jeneci e também participa de seus shows. Pouca gente sabe quem ela é, mas a moça canta muito e merecia mais reconhecimento (sem contar que ela é linda, suas groupies!).




Tendo finalmente lançado um disco novo com os Seletores de Frequência (quase 10 anos depois do primeiro), o BNegão chega com um novo vídeo, também, para a canção "Alteração (Éa!)". O vídeo é bem divertido, parodiando filmes de ação e espionagem dos anos 70 com cenas bonitas do Rio de Janeiro e interpretação cômica dos membros da banda. O Bacalhau, em particular, é muito engraçado! No fim do clipe, frases célebres criticando a sociedade e filosofando sobre a liberdade do homem. Algumas soam meio sem pé nem cabeça, ainda que bem humoradas, como "Quero ser cremado. Não quero dar moleza pra micróbio" - Moreira da Silva.



Madrid é a dupla formada por Adriano Cintra e Marina Vello, que eram respectivamente o faz tudo / baterista / compositor e produtor do CSS e a vocalista do Bonde do Rolê. O som do Madrid não tem nada a ver com as antigas bandas, é calcado em voz e piano, meio deprê, mas finalmente tem o mérito de mostrar que os dois cantam bem de verdade. A Marina sofreu uma grande transformação desde que saiu do Bonde, mudou até fisicamente. E o Adriano é um gênio da música, o cara manda muito e consegue criar os tipos mais diversos de canções, de todos os ritmos e estilos. A dupla acabou de lançar seu primeiro disco e andou fazendo uns shows pelo Brasil. Agora, vão tocar na Inglaterra, onde são bem conhecidos porque o Bonde e o Cansei fizeram muito sucesso na Europa (até mais do que aqui).

Nenhum comentário:

Postar um comentário