quinta-feira, 5 de julho de 2012

Gaybriela

Gabriééééla!
A obra de Jorge Amado, "Gabriela, cravo e canela", foi publicada em 1958. Já ganhou adaptações para TV (na Tupi, em 1961, com o Paulo Autran; e na Globo, em 1975, com a Sonia Braga e a famosa cena da pipa) e cinema (em 1981, com o mesmo elenco da novela da Globo). Agora, está sendo exibida uma minissérie também global com a Juliana Paes no papel principal, Ivete Sangalo atuando e tudo mais. Ok, isso tudo você já sabia. Mas aí veio um cara de Pernambuco, que se intitula "Las Bibas from Vizcaya"; e inventou a "Gaybriela", que já tem dois capítulos:






Super genial, a dublagem pique "Batima - Feira da Fruta" em dialeto travesti anda fazendo cada vez mais sucesso nessas bandas da internet e cunhou o belíssimo termo "Dove Barro".  Las Bibas também fez uma versão remix pra balada da clássica "Modinha para Gabriela", de Gal Costa, que toca na abertura da minissérie (e tocou na adaptação mais famosa do romance, de 1975). Escuta só:

Nenhum comentário:

Postar um comentário