quinta-feira, 12 de abril de 2012

Jogos do Cane

Fé na humanidade restaurada. Espanto com a tremenda esperteza das crianças também. Um menino muito gênio que mora em um bairro mais humilde de Los Angeles  construiu com uma baita criatividade, caixas de papelão, sucata e seus próprios brinquedos um parque de "diversões eletrônicas" (aqueles salões com videogames tipo fliperama e joguinhos que dão tíquetes que você troca por brindes depois, chamados de "Arcade" nos Estados Unidos - como o Hot Zone daqui do Brasil, saca?). Ele tentou reproduzir alguns dos brinquedos mais populares desses "jogos de maquininha", como aquele da caixa de vidro com brindes dentro (geralmente bichos de pelúcia), que você precisa pegar com uma garra metálica; e também inventou alguns outros, como o de fazer gol, com soldadinhos atrapalhando o caminho da bola. A parte mais inusitada é quando, ao final do jogo, o Cane se esconde atrás da caixa de papelão e vai passando os tíquetes (vale-prêmio) por um buraquinho. O cliente pode, no fim, trocar os tíquetes que conseguiu por brindes, brinquedinhos simples de prenda, como os das quermesses de festa junina.

O Cane fez um uniforme especial de funcionário do "Arcade" (uma camiseta azul que ele mesmo desenhou), que veste com orgulho; colou calculadoras nos jogos pra imitar as telas que mostram os pontos de cada rodada e ainda bolou promoções: a entrada para jogar quatro vezes custa 4 dólares, mas também tem um "Passe da Diversão" especial, que dá direito a 500 jogadas, por 2 dólares - mas expira em um mês! Ele ainda tem uma máquina registradora e gerencia tudo sozinho, administrando o dinheiro.

Os jogos do Cane foram montados pelo menino durante suas férias de verão, na frente da loja de ferragens de seu pai, que não é lá muito movimentada. Um dia, chega um cliente curioso que, de tão admirado pelas invenções de Cane, resolve fazer-lhe uma surpresa e apronta um flash mob espalhando um viral na internet, recrutando pessoas de todo o mundo para visitarem o local. E a coisa dá muito certo:



Na época, Cane tinha 9 anos (a ação foi feita em outubro de 2011, mas só vi ontem). Agora, ele já participou de uma feira na UCLA (uma das melhores universidades dos EUA), o seu tão amado "Arcade" tem um belo site e é aberto para visitas! Vai lá jogar se viajar pra L.A.

Nenhum comentário:

Postar um comentário