segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Chega de esperar

Ironicamente, os Single Parents ressurgiram das cinzas hoje com uma música nova chamada "Stop Waiting (For Me Now)". Haha! A banda, super querida por este blog, conseguiu financiar via crowdfunding seu primeiro álbum, que se chamará "Unrest" e será lançado no começo de março.

Enquanto aguardamos ansiosamente pelo discão, podemos nos contentar com a música nova, que é muito boa mesmo; e que ganhou um clipe com imagens da banda misturadas ao que parecem filmes antigos de família (daqueles que seu avô te mostraria no PROJETOR, sabe como é?), com imagens quase desfocadas, cores lavadas, uma pegada entre o instagram e os anos 70/80, super 8, por aí.



O mais legal é que a música nova pode ser baixada de grátis no Facebook deles. Custa só um "curtir". O som é bem a cara dos Single Parents mesmo, continuam com a mesma pegada, um rock sujo e grunge, mas totalmente "cantável", com apelo pop pelos vocais harmônicos e mais calmo do que a maioria das bandas do gênero. Sim, lembra o Yuck, mas e daí? E essa letra de desilusão amorosa é muito boa.

O clipe da "Stop Waiting" me lembrou outro vídeo incrível dos infelizmente finados Ecos Falsos, para a música "Sexo Implícito", que traz antigas filmagens de família do Daniel Akashi (compositor/vocalista/guitarrista/às vezes baixista/bem, no Ecos todo mundo era bombril mil e uma utilidades, né). Olha aí:



UPDATE: 
Esses caras do Single Parents tão muito chiques, mesmo...saca só as informações que eles mandaram por e-mail em uma newsletter oficial hoje à tarde:

- As imagens da banda no clipe novo foram filmadas em Nova Iorque há exatamente um ano, enquanto eles gravavam o disco no estúdio Seaside Lounge (onde também gravaram artistas como Beirut e The National).

- A música nova, "Stop Waiting (For Me Now)" conta com a participação da violinista Kotono Sato, que já tocou com artistas como os Gorillaz e Gnarls Barkley.

- O disco foi todo gravado em fitas de rolo, produzido por Roger Paul Mason (que já trabalhou com o Mike Patton e com o Holger) e masterizado por Matthew Agoglia (que fez discos dos Arctic Monkeys e do Spoon!) no estúdio Masterdisk, em Nova Iorque.

Sambando na cara da sociedade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário