quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Mulheres brasileiras do rap

Pois é, parece mesmo que o hip hop tá na moda.
Mas eu acho bom.
Não sou a melhor entendedora desse estilo, mas é notável o espaço que artistas de hip hop de todo o Brasil estão ganhando na mídia nos últimos meses, alavancados pelo sucesso meteórico do Emicida, de quem sou muito fã. O que acho legal nisso é que apareceram muitos artistas bons de São Paulo. O que acho mais legal ainda é que vemos muitos artistas bons brasileiros nesse meio. Sinto orgulho por eles ganharem espaço e reconhecimento, é uma forma de valorizar nossa arte. Porque, existir, eles sempre existiram. Só que agora estão crescendo e aparecendo.

Uma artista paulistana dessa leva que não é de agora é a Lurdez da Luz. Ela fez parte do Mamelo Sound System, que começou em 1998 e lançou 4 discos. Hoje, Lurdez segue em carreira solo com um disco muito bacana, homônimo, lançado em 2010. Ela mistura hip hop com música brasileira dos anos 60 e 70 e música negra americana da mesma época. Muito funk, groove e psicodelia. Eu gosto muito dos clipes dela. São bem bonitos.

Tem o vídeo pra música "Andei", altamente viciante, que foi gravado no centrão de São Paulo, nos arredores do Copan:




E agora tem um clipe novo realmente LINDO, super colorido e que combina com esses últimos dias de calor, gravado na Vila Madalena, pra música "Ziriguidum":



Você pode baixar o disco da Lurdez da Luz totalmente de grátis e de forma legal no site dela:
http://lurdezdaluz.com/album-lurdez-da-luz/



E, hoje, ela se apresenta no Estúdio Emme, em Pinheiros, ao lado de DJ's e outras mulheres rappers brasileiras: Livia Cruz, Stefanie, Karol de Souza e Flora Mattos (que já vi ao vivo duas vezes. Ela é incrível no palco).

Vai lá:
Av. Pedroso de Morais, 1036, São Paulo

R$ 30,00
Os shows começam pontualmente às 21h

Nenhum comentário:

Postar um comentário