quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

O sebo underground

Eu amo ler, por isso adoro passear em livrarias e também nos sebos, que vendem livros usados bem mais baratos e ainda têm o diferencial de serem lugares curiosíssimos – a única coisa ruim é a sujeira (maldito pó) e, em alguns casos, a desorganização que não te deixa achar nada de forma racional. Mas flanar pelos sebos é uma experiência mais do que interessante. Nenhum é igual ao outro, os vendedores, que geralmente são os donos da loja, imprimem sua personalidade em tudo e costumam ser figuraças; você encontra raridades, pechinchas, antiguidades e surpresas.

Mas tem um sebo em especial na cidade de São Paulo que sempre me despertou grande admiração. É o sebo mais doido que eu já vi na vida e também um dos lugares mais inusitados daqui: um sebo literalmente underground. Pra explicar melhor a cara do lugar, que é uma passagem subterrânea bem no cruzamento da Avenida Paulista com a Rua da Consolação,  fiz um vídeo “rápido e vertiginoso” (estilo Bruxa de Blair, desculpem se causar dor de cabeça):

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário